Usuário: 
Senha: 
Filie-se
  Esqueceu sua senha?
 
     

Lançamento do número 2 da revista eletrônica História da Historiografia

Caros
colegas,

 

É com grande satisfação que
informamos o lançamento do número 2 da revista eletrônica História da Historiografia (www.ichs.ufop.br/rhh). Publicamos nesta
edição um dossiê dedicado à escrita da história no Brasil na passagem do
século XIX ao XX, cujo detalhamento o leitor encontrará na apresentação de seu
organizador, Fernando Nicolazzi. O dossiê reúne artigos que refletem pesquisas
originais para um período da historiografia brasileira ainda muito pouco
estudado, com artigos de Rodrigo Turin, Isis de Castro, Hugo Hruby, Maria da
Glória de Oliveira, além do já mencionado organizador.

 

Outra novidade deste número é a seção
Textos e Documentos Historiográficos, voltada para a divulgação de
marcos relevantes, mas ainda pouco visitados, da historiografia brasileira e
universal. Para esta edição publicamos a “Introdução à História dos Principais
Sucessos do Império do Brasil” de José da Silva Lisboa, transcrita e comentada
por Bruno Diniz, que destaca a importância da Introdução e do livro de Cayru
para uma história da historiografia brasileira.

 

Na seção Artigos, o leitor
encontrará um retrato da variedade do campo. Francisco Murari Pires e Gabriel
Castanho apontam os condicionamentos culturais, ideológicos e político-sociais
dos estudos medievais e clássicos, alertando para a necessidade da constante
revisão crítico-historiográfica da literatura especializada, mesmo em campos
que parecem afastados das discussões do tempo presente. Em seu artigo, Júnia
Furtado oferece um detalhado e útil panorama da evolução recente da
historiografia sobre Minas Gerais, com destaque para o seu exaustivo
levantamento bibliográfico. Na frente da análise teórica da historiografia,
destacamos o importantíssimo artigo de Jörn Rüsen, publicado também na seção Artigos.
Nesse texto Rüsen apresenta uma síntese abrangente de sua reflexão sistemática
sobre os fundamentos metahistóricos da historiografia, cruzando suas
descobertas teóricas com a análise concreta de temas do debate contemporâneo,
como a formação de sentido, o trauma, a memória histórica e o significado de
eventos como o Holocausto. A publicação desse artigo contou com a inestimável colaboração
de Estevão de Rezende Martins, que além de indicá-lo para a revista, revisou
gentilmente a tradução. Ainda nesse viés teórico, publicamos o artigo de Olga
Kempinska, que analisa o lugar da neutralidade no discurso da história a partir
do confronto entre as reflexões de Roland Barthes e o verbete “Neutralidade”,
escrito por Michael Schweitzer e Heinhard Steiger para o Dicionário de
Conceitos Históricos Fundamentais, organizado por Otto Brunner, Werner
Conze e Reinhart Koselleck. Por fim, mas não menos importante, a seção Resenhas
traz a análise de quatro livros recentemente publicados e de relevante
interesse para os campos da Teoria e História da Historiografia. São eles, Foucault:
sa pensée, sa personne, de Paul Veyne, resenhado por André Joanilho; Identidade
nacional e modernidade brasileira: o diálogo entre Sílvio Romero, Euclides da
Cunha, Câmara Cascudo e Gilberto Freyre, de Ricardo Souza, resenhado por
Walter Lowande; Historiografia alemã pós-Muro: experiências e perspectivas,
organizado por René Gertz e Sílvio Correa, resenhado por Sérgio da Mata; e Em
busca da Idade Média: conversas com Jean-Maurice de Montremy [entrevista
com Jacques Le Goff], resenhado por Diogo Roiz.

 

Segue abaixo o sumário deste número:

 

EDITORIAL

 

DOSSIÊ

Da Monarquia à República:
questões sobre a escrita da história

 

Apresentação

Fernando Nicolazzi

 

Uma nobre, difícil e útil
empresa: o ethos do historiador oitocentista

Rodrigo
Turin

 

Entre a opsis e a akôe:
as marcas de enunciação na pintura histórica e da crítica de arte

do oitocentos

Isis
Pimentel de Castro

 

O templo das sagradas
escrituras: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e a

escrita da história do
Brasil (1889-1912)

Hugo
Hruby

 

O narrador e o viajante:
notas sobre a retórica do olhar em Os Sertões

Fernando
Nicolazzi

 

A anotação e a escrita:
sobre a história em capítulos de João Capistrano de Abreu

Maria da
Glória de Oliveira

 

ARTIGOS

 

O General Marshall em
Princeton, Tucídides na Guerra Fria

Francisco
Murari Pires

 

Novas tendências da
historiografia sobre Minas Gerais no período colonial

Júnia
Ferreira Furtado

 

Como dar sentido ao
passado: questões relevantes de meta-história

Jörn
Rüsen

 

O conceito de
neutralidade no discurso da história: entre os “Geschichtliche

Grundbegriffe”
e o “Le Neutre” de Roland Barthes

Olga
Guerizoli Kempinska

 

Faciamus
hominem ad imaginem et similitudinem nostram: gênese historiográfica
do

eremitismo medieval

Gabriel
de Carvalho Godoy Castanho

 

RESENHAS

 

VEYNE, Paul. Foucault: sa pensée, sa personne.
Paris: Albin Michel, 2008, 214pp.

André
Luiz Joanilho

 

SOUZA, Ricardo Luiz de. Identidade
nacional e modernidade brasileira: o diálogo entre

Sílvio Romero, Euclides
da Cunha, Câmara Cascudo e Gilberto Freyre. Belo Horizonte:

Autêntica, 2007, 232pp.

Walter
Francisco Figueiredo Lowande

 

GERTZ, René E.; CORREA,
Sílvio Marcus de S. (orgs). Historiografia alemã pós-muro:

experiências e
perspectivas. Santa Cruz do Sul/Passo Fundo: Edunisc/Editora UPF, 2007,

245pp.

Sérgio
da Mata

 

LE GOFF, Jacques. Em
busca da Idade Média: conversas com Jean-Maurice de Montremy.

Tradução de Marcos de
Castro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006, 222pp.

Diogo da
Silva Roiz

 

TEXTOS E DOCUMENTOS

HISTORIOGRÁFICOS

 

Cayru e o primeiro esboço
de uma História Geral do Brasil Independente

Introdução à História
dos principais sucessos do Império do Brasil

Bruno
Diniz

 

PARECERISTAS DESTE NÚMERO

 

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

 

Cordialmente,

Os editores

 
Data:
 
  Rua Caldas Júnior, 20 - Sala 24 - Porto Alegre/RS - CEP 90010-260
E-mail e MSN: anpuhrs@anpuh-rs.org.br
Desenvolvido por:
Layout por:
 Dype Soluções
 Paulo Paixão